PT
EN
Agendamento Pré-internação Contato Emergência
Escolha um serviço
1

Medicina Fetal e Neonatal

Fetal and Neonatal Medicine

Enxergar o feto como paciente faz parte da nossa filosofia

Ele pode ter apenas poucas semanas de vida, mas já é encarado como paciente pelos médicos da área de Medicina Fetal. Assim como a mãe, o feto também deve receber a atenção de um médico especializado, para que ele possa se desenvolver bem e, se for o caso de um diagnóstico de risco, para que possa ser devidamente atendido. A Perinatal conta com uma equipe especializada que sustenta a importância de não pular nenhuma das etapas do pré-natal, pois quanto mais cedo o diagnóstico for feito, maiores serão as chances de sucesso nas intervenções em casos de má formação e síndromes congênitas.

Quando um casal decide ter um filho, os cuidados com o pré-natal podem começar antes mesmo da concepção. Muitos pais optam por fazer testes para checar se há traços de hepatites B e C, grupo sanguíneo e fator Rh, HIV, VDRL, entre outras infecções, além do nível glicêmico. Além disso, a mãe deve dar início ao uso do ácido fólico. Como nem sempre é possível se cuidar antes da gravidez, depois da descoberta e até mesmo antes de contar a novidade pra toda a família é preciso começar a marcar os exames indicados pelo obstetra para monitorar e cuidar da saúde do binômio, gestante e feto.

Todo diagnóstico feito com antecedência melhora a qualidade de vida do bebê, pois prepara a família para melhor receber o novo integrante, tanto no que diz respeito aos tratamentos que podem ser realizados logo nos primeiros dias de vida, quanto para que a família se adapte e prepare psicológica e estruturalmente para a chegada de uma criança que necessita de tratamento diferenciado. Além disso, em alguns casos, a solução ou amenização de uma má formação pode ser feita com o bebê ainda na barriga da mãe, sendo um fator determinante para salvar a vida dele.

O Centro de Medicina Fetal e Neonatal, considerado pioneiro em Perinatologia, foi criado a partir da integração das expertises em Medicina Fetal, Cirurgia Neonatal e UTI Neonatal, com o objetivo de oferecer um ciclo completo de assistência para gestantes e bebês.

Os principais procedimentos em Medicina Fetal

Aconselhamento genético consiste em uma avaliação do nosso Médico Especialista em Medicina Fetal com o objetivo de investigar a probabilidade de ocorrência de determinada doença e as chances de transmissão para o bebê. Após a realização da anamnese pelo médico, são solicitados exames complementares, laboratoriais e de imagem para definição das alternativas de tratamento.

O aconselhamento é indicado para gravidez em idade avançada e para mulheres portadoras de doenças genéticas que possam afetar o embrião

Amniocentese é um método de diagnóstico pré-natal que consiste na aspiração transabdominal de uma pequena quantidade de fluido amniótico da bolsa amniótica, que envolve o feto. É tipicamente aconselhada aos pais perante a probabilidade de deformações genéticas durante a gravidez.

Este procedimento pode ser realizado logo que exista quantidade suficiente de fluido (líquido amniótico) em volta do feto, para que possa ser recolhida uma amostra com segurança - em alguns casos chega a fazer-se a cerca de 13 semanas de gestação, embora o período mais comum seja entre as 15 e 20 semanas. As amostras demoram geralmente 2 semanas a produzir resultados.

Amniodrenagem é um exame no qual é realizada uma punção com uma fina agulha guiada por ultrassom através do abdômen materno até a bolsa amniótica, retirando o excesso de líquido amniótico. É realizada em situações específicas, em que o excesso de líquido amniótico possa comprometer o bem-estar materno e/ou fetal.

Amnioinfusão é um exame invasivo realizado para infusão de líquido amniótico na cavidade uterina através de punção do abdômen materno guiado por ultrassom. Indicada para melhorar a visualização da anatomia fetal ou quando ocorre a ruptura da bolsa amniótica em idade gestacional inferior a 26 semanas prejudicando o desenvolvimento pulmonar fetal pela falta de líquido amniótico.

Biópsia de Vilo Corial é um exame invasivo feito durante a gravidez que diagnostica anormalidades cromossômicas como a síndrome de Down, além de outras doenças genéticas, no bebê.

Com uma agulha, o médico extrai material genético da placenta, que é igual ao do bebê.

Em alguns casos, a biópsia de vilo corial pode revelar uma anormalidade, o mosaicismo, que na verdade não está presente no bebê, apenas na placenta

Cordocentese é um método de diagnóstico pré-natal que consiste na coleta do sangue do cordão umbilical, a partir da 18ª ou 20ª semana de gestação, o qual permite avaliar, além do cariótipo, a presença de anticorpos, em especial do tipo IgM. A pesquisa positiva confirma a agressão do feto pela infecção congênita. Outra propriedade da cordocentese é poder ter acesso a outras informações, tais como hematimetria, tipo sanguíneo e provas de função hepática do concepto, que são relevantes nos casos de anemias imunológicas ou não. O procedimento pode também servir como via terapêutica para as transfusões sanguíneas nos casos de anemia fetal moderada e grave.

Envie suas dúvidas para o nosso canal Fale com o Especialista, através do formulário abaixo:

Fale com o Especialista

nome

e-mail

especialidade

mensagem

Enviar
E-mail enviado com sucesso!
Formulário com caracteres inválidos!

ENCOURAGING THE FETUS AS A PATIENT IS PART OF OUR PHILOSOPHY

Like mother, the fetus must receive crucial attention from a specialized doctor so that it can develop well and, if a risk is diagnosed, it can be properly treated. Perinatal has a specialized team that maintains the importance of not skipping any of the stages of prenatal care, because the sooner the diagnosis is made, the better the chances of success in interventions in cases of malformation and congenital syndromes.

When a couple decides to have a child, prenatal care can begin before conception. Many parents choose to do tests to check for hepatitis B and C traits, blood group and Rh factor, HIV, VDRL, among other infections, in addition to the glycemic level. In addition, the mother should start using folic acid. As it is not always possible to take care of before pregnancy, after the discovery and even before telling the news to the whole family, it is necessary to start the examinations indicated by the obstetrician to monitor and take care of the health of the binomial, pregnant and fetus.

Any diagnosis made in advance improves the quality of life of the baby, as it prepares the family to better receive the new member, both regarding the treatments that can be performed as early as the first days of life, and for the family to adapt and prepare psychologically and structurally for the arrival of a child who needs differential treatment. In addition, in some cases, the solution or amelioration of a malformation can be done with the baby still in the mother's belly, being a determining factor to save his life.

The Center for Fetal and Neonatal Medicine, considered a pioneer in Perinatology, was created based on the integration of the Fetal Medicine, Neonatal Surgery and Neonatal ICUs, with the objective of offering a complete cycle of care for pregnant women and babies.